Rotavírus

Srs. Pais,

Alguns alunos têm comparecido ao Ambulatório do Colégio com queixa de gastrenterite aguda. Dois alunos foram ao pediatra e tiveram diagnóstico de infecção por rotavírus.

Existem sete tipos de rotavírus, mas somente três deles infectam o homem. Essa variedade de sorotipos explica por que a pessoa pode ser infectada mais de uma vez.

Pode ocorrer em qualquer idade mas é mais comum em crianças até 5 anos de idade. É uma das principais causas de diarreia em crianças pequenas. O período de incubação é de 4 a 10 dias.

O rotavírus é eliminado pelas fezes do doente podendo ser transmitido pela via fecal- oral, pelo contato direto entre as pessoas, por utensílios, brinquedos, água e alimentos contaminados.

Sintomas:

  • Diarreia aguda aquosa sem sinais de sangue ou muco.
  • Febre.
  • Mal estar.
  • Vômitos.
  • Tosse e coriza (às vezes).
  • Desidratação nos casos graves. (mais comum em crianças pequenas).

Os quadros leves são autolimitados e podem ser assintomáticos.

Diagnóstico:

O diagnóstico clínico pode ser confirmado, nos primeiros dias da infecção, através da pesquisa do vírus nas fezes.

Tratamento:

Não existe tratamento específico. O fundamental é manter a criança hidratada, repondo frequentemente o líquido perdido nas evacuações e no vômito. Os quadros leves podem ser tratados em casa, com soro caseiro, muito líquido e alimentação normal.

Recomendações:

  • Lavar as mãos cuidadosamente com frequência, especialmente após usar o banheiro, antes das refeições e quando for preparar os alimentos.
  • Lavar bem e deixar de molho em solução desinfetante (hipoclorito de sódio a 2,5% durante 30 minutos ou água fervida) frutas e legumes que vão ser ingeridos crus.
  • Use água tratada para beber e no preparo dos alimentos.
  • Lavar bem pratos, panelas e talheres.
  • Soro caseiro e os produtos equivalentes contêm sais minerais importantes para reidratar o paciente não encontrados na água pura.
  • Procure o médico tão logo a criança apresente diarreia aguda.

Vacina:

A primeira dose da vacina deve ser aplicada aos 2 meses de idade e a segunda aplicada aos 4 meses de idade. Não deve ser aplicada fora da faixa de idade.

fonte: http://drauziovarella.com.br/crianca-2/infeccao-por-rotavirus/