Gripe H1N1

h1n1

Uma pessoa diagnosticada com gripe H1N1 deve permanecer em casa, afastado do trabalho ou da escola, e evitar locais com acúmulo de pessoas. Repouso e manter boa hidratação são duas dicas importantes para garantir a recuperação.

A principal complicação decorrente de gripe H1N1 consiste em crises de insuficiência respiratória, que podem levar o paciente a óbito se não forem tratadas imediatamente e em caráter de urgência.

Prevenção

A prevenção de gripe H1N1 segue as mesmas diretrizes da prevenção de qualquer tipo de gripe, só que o cuidado deve ser redobrado:

  • Evite manter contato muito próximo com uma pessoa que esteja infectada
  • Lave sempre as mãos com água e sabão e evite levar as mãos ao rosto e, principalmente, à boca
  • Leve sempre um frasco com álcool-gel para garantir que as mãos sempre estejam esterilizadas
  • Mantenha hábitos saudáveis. Alimente-se bem e coma bastante verduras e frutas. Beba bastante água
  • Não compartilhe utensílios de uso pessoal, como toalhas, copos, talheres e travesseiros
  • Se achar necessário, utilize uma máscara para proteger-se de gotículas infectadas que possam estar no ar
  • Evite frequentar locais fechados ou com muitas pessoas
  • Verifique com um médico se há necessidade de tomar a vacina que já está disponível contra a gripe H1N1.

Comparação entre sintomas da gripe H1N1 e Resfriado

Sintomas Gripe Resfriado
Início súbito dos sintomas Sim Não
Febre elevada e persistente (acima de 38 graus) Sim Não
Tosse (com secreção/muco) Não Sim (dependendo do vírus, mas não é comum)
Tosse seca Sim Não
Dor de cabeça Sim Sim (leve)
Dor muscular Sim Sim (leve)
Fadiga, mal-estar Sim Não
Congestão nasal Sim Sim
Espirros Não Sim
Dor de garganta Sim Sim (leve)
Dor no peito Sim (em casos de complicação) Não